Um dia em Campos de Jordão

26/abr

Oi, gente. Tudo bem? Sábado fui passar o dia em Campos do Jordão com a minha família. Eu fui com o Erick e nossos primos em 2016 (confiram o post aqui), mas fizemos uma programação um pouco diferente dessa vez.

Acordamos cedinho porque íamos tomar café da manhã na estrada e queríamos chegar no Parque Amantikir assim que ele abrisse (8h30). Ele fica na Rodovia Campos do Jordão/Eugênio Lefrève,  215. O ingresso custa R$ 40,00 e a meia R$ 20,00. Achei o ingresso um pouco caro, principalmente pra quem não paga meia, mas vale a pena pelas paisagens e inúmeras fotos que dá pra tirar lá. Aconselho a não irem de salto porque a caminhada de um jardim para o outro é longa e a maioria dos caminhos são de pedrinhas. A minha bota não tinha o salto muito alto e não era fino, então sobrevivi kkkkk

Parque Amantikir

Foto tirada com a Go Pro

Chegamos no Centro de Capivari umas 11h. Parei no caminho pra tirar umas fotos no trilho que fica no meio das ruas haha

Deixamos o carro um pouco antes do centro e pagamos R$ 15,00 no período. O preço dos estacionamentos varia de acordo com a localização e temporada. Almoçamos no Pastelão do Maluf, um lugar famoso pelo tamanho dos pastéis. Se não me engano, paguei R$ 20,00 e pouco no pastel de 2 queijos.

Depois fomos de teleférico para o Morro do Elefante, o valor é R$ 17,00 ida e volta.

Morro do Elefante

Curtimos um pouco o Centro de Capivari, onde tem as lojinhas, o pedalinho, restaurantes e vários lugares que dão boas fotos e depois fomos embora.

Centro de Capivari

Não imaginávamos que terminaríamos de fazer tudo tão cedo, por isso não conseguimos ficar lá até o final da tarde para comer foundue.

De noite fui no Bistro Faria Lima com o Erick e meus pais, compramos um cupom no Peixe Urbano (compensa muito, pagaríamos o dobro se não tivéssemos comprado o pacote de rodízio de foundue para 4 pessoas) e matamos nossa vontade hahaha.

Confiram o vlog desse dia e se inscrevam no canal:

Mapa da cidade

Espero que tenham gostado de acompanhar meu dia em Campos do Jordão. Qualquer dúvida podem deixar um comentário.

Um beijo e até o próximo post 😉

CONTINUE LENDO

Viagem para Los Angeles – Aeroporto, Citadel Outlets, The Grove, Target e mais #1

14/dez

Oi, gente. Tudo bem? Desculpem o meu sumiço por aqui. Juro que ia liberar um post antes de viajar avisando que iria para Los Angeles, mas foi tudo tão corrido que não consegui. Juro também que queria liberar esse post desde quando voltei de viagem hahaha, mas continuo na correria do dia a dia :(. Tenho muito conteúdo pra postar aqui, então aguardem por muitos posts ♥.

Estou de férias e passei o comecinho dela lá :). Ainda parece mentira que fiz essa viagem, sabem? É tão bom conhecer novos lugares, realizar sonhos. Quero compartilhar tudo com vocês! Fiz vlog todos os dias, mas quero detalhar tudo aqui nos posts também. Senti falta de algumas informações quando fui procurar coisas da minha viagem e espero ajudar vocês!

Bom, eu comprei minha passagem em junho, em uma promoção (fiquei acompanhando diariamente o valor das passagens). Viajar para Los Angeles não é barato e eu não imaginava isso quando decidi ir pra lá, estava pensando que seria mais ou menos como Orlando kkkk.

Fechei quase tudo da viagem com um amigo que tem uma agência, ele conseguiu fazer praticamente os mesmos preços (ou até melhores) da Decolar.com que era a minha referência de valores. O nome dele é William Gerbas, da Agência GG Tour, eu super recomendo seus serviços. Para quem quiser fazer um orçamento para alguma viagem, o contato dele é contato.ggtour@gmail.com | (11) 97323-1066.

Companhia Aérea: Queria um voo direto pra não correr o risco de perder as malas (isso aconteceu comigo em 2015, em uma escala de Miami para Orlando), mas saia muito mais caro. Viajei pela United Airlines. Não a conhecia, mas era a Companhia Aérea da passagem da promoção kkkkk. Não tive nenhum problema e achei ela muito boa.

Importante: Houve uma mudança nas regras das malas. Nessa companhia, tínhamos direito de levar uma mala de até 23 kg de graça e mais uma com o mesmo peso, desde que a gente pagasse 40 dólares, se não me engano. Além de uma mala de mão com até 10 kg, claro.

Aeroporto: Saí do Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo. Fui para Houston, onde fiz a escala, e de lá fui para Los Angeles.

Janta do avião

Eu amei o primeiro avião que pegamos, eram dois assentos de cada lado e três no meio. Tinham vários filmes para assistir e o espaço era confortável.

Imigração: Quando você vai para outro país é necessário preencher um papel no avião e fazer uma rápida “entrevista” ao chegar no local. Na real, eu não entendi a utilidade do papel, já que o moço que nos entrevistou mal olhou para ele e nos devolveu. A entrevista foi bem rápida, ele perguntou para onde estávamos indo e se estávamos de férias, algo assim. Fez até uma piada e foi super simpático (ainda bem). Nesse momento ele tira uma foto sua e pede para colocar as digitais em um aparelho. Quando se faz uma conexão é necessário pegar as malas e despachar para a cidade para onde você vai. Esse processo foi super rápido (para minha surpresa), pegamos as malas, levamos para o local indicado e uma moça as pegou e colocou junto com o restante, não lembro se ela entregou uma nova identificação de mala ou se continuamos usando a que já estava.

Aluguel de carro: Alugamos um carro (isso foi fundamental para minha viagem) pela empresa Hertz. Não tive nenhum problema com ela, só achei um pouco confuso o trâmite para chegar no local e achar o carro (no aeroporto passam ônibus que levam as pessoas para as empresas de locação. Lá após entregar toda a papelada, você vai pro estacionamento sozinho para pegar seu carro, a chave já fica lá dentro).

Pegamos o carro e paramos no Mc Donald’s mais próximo para almoçar.

O Mc Lanche Feliz de lá é um pouco diferente do que temos aqui no Brasil, curti 🙂

Hotel: Fiquei hospedada no Best Western Markland Hotel, que fica em Monterey Park, uma cidade próxima de Los Angeles. Super recomendo esse hotel! O quarto é bom, tem estacionamento gratuito e um café da manhã maravilhoso. Quanto mais próximo do centro, mais caro o hotel, por isso optamos por esse, que tinha um bom custo x benefício. De qualquer forma, ele ficava a 30 minutos de vários lugares que precisávamos ir :).

Esse cachorrinho de toalhas me conquistou ♥

Citadel Outlets: Depois de tomar um banho e nos ajeitar no quarto, fomos no outlet. Quase não levamos roupas justamente para comprar e usar tudo lá. Esse outlet ficava há 15 minutos do hotel, o que facilitou muito nossa vida. Diferente da rede de Outlets Premium, eles não tem cupons de descontos :(. O estacionamento é gratuito.

The Grove: Fomos nesse shopping a céu aberto para ir na loja da Apple. Gostei bastante desse lugar, queria ter voltado outro dia de manhã, mas não deu tempo. Estava tudo em clima natalino, com direito à neve artificial.

Target: Esse é um dos mercados que tem nos Estados Unidos. Prefiro o Walmart, mas esse também tinha bastante coisa.

Dica: Tentei organizar minha viagem pelo Mapas do Google, mas ao digitar Walmart, por exemplo, não apareciam todos. Tinha um a 10 minutos do hotel e eu só descobri depois pelo waze.

Se inscrevam no canal pra acompanharem todos os vídeos da viagem:

Espero muito que gostem dos posts e vlogs da minha viagem! Qualquer dúvida é só deixar nos comentários.

Um beijo e até o próximo post 😉

CONTINUE LENDO

Viagem para Florianópolis – Passeio de Barco Pirata e Ilha Anhatomirim

31/dez

Oi gente, tudo bem? No post de hoje vou contar sobre o meu quarto dia de viagem. Eu tinha começado a gravar vlog no último dia e acabei não terminando, aí ficou tudo cagado hahaha… Então, assim como o vlog desse dia que acabou sendo o último, esse será o último post sobre a minha viagem para Florianópolis.

Começamos o dia tomando aquele super café da manhã e indo à praia dos Ingleses pra tirar algumas fotos, já que o passeio dessa vez não era tão cedo. A van passou no hotel 10h30 e fomos para a Praia de Canasvieiras, onde iniciamos o passeio de Barco Pirata, mais conhecido como escuna. Pagamos R$ 93,00 por pessoas considerando o transporte e o passeio de escuna, não lembro o preço exato de cada um agora, mas se não me engano, o transporte foi R$ 15,00.

Na ida foi tudo lindo e nem imaginávamos o quanto passaríamos mal na volta hahaha

Teve dancinha e sobrou pra gente kkkkkk Erick me surpreendeu!

A primeira parada do barco é na Ilha de Anhatomirim, onde conhecemos um pouco da história do lugar. Vale dizer que antes de chegarmos lá, passamos por alguns golfinhos ♥. Pena que eles estavam longe e foi rápido, mas eu amo golfinhos e fiquei muito feliz em vê-los (mostrei esse momento no vlog). Demos sorte, pois não é sempre que eles aparecem.

Na ilha pagamos uma taxa de turismo no valor de R$ 7,00. As paisagens de lá são lindas, mal conseguia prestar atenção no guia, eu queria tirar foto de tudo haha.

Fazendo gracinha pra não perder o costume 😛

Gratidão por tudo o que construímos juntos ♥

Depois de lá fomos almoçar na Baía dos Golfinhos, em um restaurante que eu particularmente não gostei, mas era a única opção que a gente tinha. Lá pagamos R$ 28,00 por pessoa e podemos comer a vontade. É cobrado as bebidas, sobremesas e os 10% a parte. Ficamos lá durante 1 hora e depois voltamos para o barco para concluirmos o passeio.

Quem me vê assim de camisa deve me achar louca, mas lá ventava tanto que precisávamos usar blusa pra aliviar

Na volta passamos super mal, então mal aproveitamos. O pessoal do barco estava desanimado, mas ainda bem que tem sempre aquelas pessoas que estão dispostas e acabam nos fazendo rir, né. Teve dança dos famosos argentinos x uruguaios, vocês não imaginam como é difícil dançar com o barco em movimento hahaha.

Depois teve parada para o banho de mar de 15 minutos e logo chegamos novamente na Praia de Canasvieiras. Chegando lá fomos direto pra van porque queríamos chegar no hotel logo. Se vocês forem passear de escuna, tomem um remédio antes #ficaadica.

Quando chegamos no hotel fomos para a piscina aquecida porque o vento ainda não colaborava e nem o sol, queria muito ter aproveitado a nossa piscina e a praia que ficava na frente 🙁 . Descansamos um pouco e fomos jantar no mesmo lugar que já tínhamos comido crepe e batata recheada. Fomos a uma sorveteria também, a única do “centrinho” e apesar de não estar cheia, o sorvete era bom e o preço também.

E esse foi um resumo do meu dia!

Confiram o vlog pra verem os detalhes do meu dia e se inscrevam no canal pra não perderem nenhum vídeo ♥.

Não vejo a hora de fazer uma viagem “grande” de novo e compartilhar tudo com vocês. Espero muito que tenham gostado!

Um beijo e até o próximo post 😉

CONTINUE LENDO

Viagem para Florianópolis – Balneário Camboriú e Parque Unipraias

27/dez

Oi gente, tudo bem? Hoje vim aqui contar pra vocês como foi meu terceiro dia de viagem 🙂 . Na sexta-feira (16/12) fomos para Balneário Camboriú, esse passeio estava incluso no nosso pacote de viagem. Parando pra pensar, na verdade o que estava garantido era o transporte, pois precisamos pagar tudo lá (vocês vão entender melhor no decorrer do post). Passaram pra nos pegar no hotel 7h30 e no caminho passaram em outros hotéis também. Um ponto positivo em ir de ônibus para esses passeios é a comodidade e praticidade, mas um ponto negativo é termos que rodar muito pra pegar todos os passageiros, com isso perdemos tempo.

Começar o dia com um café da manhã maravilhoso e essa vista para piscina e praia não tem preço.

O ônibus nos deixou na estação Barra Sul, onde pegamos o bondinho. Pagamos R$ 39,00 por pessoa, dando direito a ida e volta.

O bondinho nos deixa na Mata Atlântica, onde fica o Parque Unipraias, que é a maior atração do passeio.

Para brincarmos no Youhoo! pagamos R$ 45,00. O Youhoo! é basicamente um trenó e nele cabem duas pessoas (o valor pago foi para os dois irem juntos). Ele faz um percurso de quase 1 km e sua trilha é feita pelo parque. Nós podemos controlar a velocidade do trenó e apreciar a mata durante o caminho. O brinquedo é legal, mas acaba super rápido.

As outras atrações do parque são a Fantastic Forest, Ziprider (Tirolesa), Casa do Chocolate e Mirantes.

Mapa de como funciona o trajeto Barra Sul – Parque Unipraias – Praia das Laranjeiras

Lá fizemos tudo o que dava pra fazer, menos a Tirolesa porque dava medo e a Fantastic Forest porque era mais infantil. Essas duas atrações também eram pagas.

Detalhe da Casa do Chocolate decorada para o Natal.

Acabamos comprando algumas coisinhas na Casa do Chocolate, mas as coisas não eram baratas. O lugar é pequeno, mas dá um charme no meio da “mata”.

Na hora do almoço pegamos o bondinho novamente e descemos para a Praia das Laranjeiras, onde almoçamos e ficamos o resto da tarde.

Almoço no Restaurante Quarta Estação

O nosso guia indicou esse restaurante que aparentemente era o maior e mais bem estruturado de lá. Nele tem armários para deixarmos nossas coisas, banheiros e uma ducha que fica no estacionamento. Não é uma super ducha, mas ajuda a tirar a água do mar. Nosso almoço + bebidas + 10% saiu R$ 129,60.

Na praia tem algumas opções de restaurantes e também várias lojinhas. A praia é limpa, mas não tem nada demais. Como não estava muito sol, mal ficamos na água 🙁 . Pagamos R$ 15,00 pelas cadeiras e ficamos descansando enquanto ventava bastante (lá venta muuuito).

Praia das Laranjeiras

Saímos de lá umas 16h e voltamos para o hotel. Chegando no hotel fomos para a piscina aquecida, descansamos um pouco e depois fomos jantar.

Parmegiana muito bem servida, jantar no restaurante Estaleiro

Os restaurantes tinham um preço parecido, a média do prato para o casal era de R$ 90,00. Nesse dia escolhemos pratos individuais, por isso saiu um pouco mais caro. Como paguei com meu ticket (finalmente um restaurante que aceita o Ticket Restaurante) não lembro o valor exato, mas tudo deve ter dado uns R$ 150,00.

Confiram o vlog desse dia e se inscrevam no canal para não perderem nenhum vídeo:

Espero que tenham gostado de saber mais um pouquinho das minhas férias! Qualquer dúvida podem deixar um comentário que ficarei feliz em ajudar vocês.

Um beijo e até o próximo post 😉

CONTINUE LENDO

Viagem para Florianópolis – Parque Beto Carrero World

23/dez

Oi gente, tudo bem? Dando continuidade ao conteúdo da minha viagem para Florianópolis, hoje vim contar pra vocês como foi meu dia no Parque Beto Carrero World. Eu fui pra lá no dia 15/12, uma quinta-feira. Gastei R$ 70,00 no transporte (fui de ônibus com a minha agência de viagem) e R$ 120,00 no ingresso. Os preços não são tão baratos, mas essa é a média do preço dos passeios e é um dinheiro bem gasto, pois o parque é maravilhoso!

Demorei 3h para chegar até o parque, que fica na cidade Penha.

Logo que chegamos fomos assistir a atração dos Velozes e Furiosos que começava 11h.

Depois aproveitamos para ir para a Montanha-Russa principal do parque, a Fire Whip.

O parque estava bem tranquilo, ficamos 1 hora na fila do brinquedo, o que eu achei um tempo razoável perto de outras filas que já enfrentei. Acredito que não tenha muita fila também porque o parque é bem dividido e dá pra dispersar bastante o pessoal. Se você for ao Beto Carrero, precisa ir nessa montanha-russa!

Almoçamos do lado da Montanha-russa mesmo, em um lugar que vende hamburguer. Pedimos um combo de X-bacon que vinha com batata-frita e refrigerante e um cheeseburguer a parte, deu R$ 43,00.

Lá tem bastante lugar pra tirar foto e eu me acabei hahaha.

A parte do Madagascar é linda, fomos no Crazy River e tiramos foto com os personagens.

Tão fofinhos ♥

Fiquei encantada pela parte do Zoo. É tudo bem limpinho e tive a impressão de que os animais são bem tratados. Embora não seja um zoológico completo, achei ele muito legal, vale a pena conhecer.

Também pude dar mamadeira para os cabritos, que são muito gulosos hahaha

A parte onde eles ficam é aberta pra quem quiser entrar, mas para dar mamadeira é necessário pagar R$ 5,00.

Uma das partes do parque tem o pessoal do Shrek, me senti na Disney tirando foto com os personagens haha.

Altas aventuras com ele!

A parte da Ilha Pirata também é bem legal. Lá tem Barco Viking e mais algumas coisas que não estou me lembrando agora…

18h as atrações fecham e começa o espetáculo Sonho de um Cowboy.

Um pouco depois que termina o espetáculo, começa o show de Natal do Shrek.

Todo o pessoal se reúne na frente do palco onde alguns personagens da DreamWorks aparecem e nos animam com músicas temáticas e natalinas. Amei a apresentação, achei super fofo.

Assistam ao vlog e se divirtam comigo 🙂

Espero muito que tenham gostado! Um beijo e até o próximo post 😉

CONTINUE LENDO
tags dicas vídeo lookdodia inspiracoes musica playlist gostosuras vlog DIY viagem aniversario parquedoibirapuera decoracao glamourmodafeminina desafio voudeglamour facavocemesmo tag festa Comprinhas
Subir
ao
topo